segunda-feira, 22 de abril de 2013

O Burro Selvagem e o Burro Doméstico


Um burro selvagem morria de inveja de um burro doméstico, o qual tinha ao seu dispor boas rações. Mas logo o burro selvagem começou a observar como era árduo o serviço que o outro era obrigado a fazer. Ele viu o coitado carregando pesados fardos e recebendo freqüentes açoites do seu proprietário, o qual usava um longo bastão para castigá-lo. Foi então que o burro selvagem verificou que sua inveja era infundada, tendo em vista o preço que o burro doméstico era obrigado a pagar pelas suas “vantagens”.
Moral: Nada existe para ser invejado num estilo de vida que provê certos confortos recebidos em troca de muita dor e sofrimento.



Nenhum comentário:

Postar um comentário